Arquivo da categoria: Nutrição Estética

NÃO COMA COM OS OLHOS!

12195810_1073671742645413_4658316030146311889_n

O sistema nervoso, com os estímulos que vêm principalmente pelos olhos e pelo nariz, já nos prepara para uma refeição. Eles abrem o apetite – às vezes, até demais – e é por isso que corremos o risco de ter o olho maior que a barriga e exagerar na comida.

SUPER NOVIDADE: VEM AÍ O NA MEDIDA!

na medida
A partir de semana que vem a Nutricionista Karina Carvalho integrará a Equipe de Colunistas do Jornal Comunic Notícias. Toda semana estarei escrevendo, na coluna chamada #NaMedida, sobre os mais variados temas ao redor da nutrição e sua relação com a estética, beleza, saúde, esporte, plantas medicinais, entre outros temas. Não deixem de acompanhar o jornal, a equipe é formada pelos mais renomados colunistas da região, entre eles: Fábio Soares, Paula Duarte , Angélica Leal, Franciele Aleixo, Uaiara Araújo, Taí Braz e muitos outros.

Não percam a minha estréia como colunista na próxima semana e não deixem de enviarem os seus comentários na coluna do jornal, para que possamos melhorar a cada dia mais, em busca de informações importantes, atuais e com o compromisso com a verdade.

Conheçam um pouco mais sobre o jornal no link abaixo:
http://comunicnoticias.com/

APRENDA FAZER: Desodorante Natural Caseiro – Sem Alumínio

1378608_1013012942044627_6637699080254849003_n

Quem é meu paciente sabe que um dos exames solicitados é a dosagem de alumínio sérico. Está sendo muito comum, na nossa região Sul Fluminense, intoxicação por metal pesado (principalmente alumínio), seja por trabalhar em indústria de metalúrgia ou morar nas proximidades dela (como por exemplo a CSN), seja pelo uso de panelas de alumínio ou pelo uso de desodorantes e perfumes, alimentos industrializados e os vegetais e frutas contaminados (agrotóxicos).

>> Efeitos Tóxicos, sintomas e Sinais da Intoxicação por Alumínio:
anemia, fator de risco para doença de Alzheimer, neurotoxidade aguda, encefalopatia crônica, osteomalácia, doença óssea adinâmica

>> Fase aguda de alumínio:
agitação, confusão mental, mioclonia, convulsão, coma e até a morte, distúrbio da fala, apraxia (dificuldade de executar movimentos precisos), alucinações auditivas e visuais, dores ósseas, fraqueza muscular, Hipercalcemia (acúmulo de cálcio em regiões do corpo como articulações, artérias.) e hiperfosfatemia (aumento do fosfato)

>> A intoxicação crônica por alumínio:
Provoca doenças como constipação intestinal, anorexia, cefaléia, ataxia (falta de coordenação nos movimentos) perda da memória, distúrbios de aprendizado, hiperatividade, convulsão, demência pré-senil, padrão de fala alterados, doenças hepáticas e renais. Um estudo feito em 2008 pelos americanos mostrou aumento 60% do risco de desenvolver Doença de Alzheimer a longo prazo.

>> RECEITA DE DESODORANTE NATURAL CASEIRO
1/2 xícara de leite de magnésio
1/4 xícara de água
1 colher de chá de óleo essencial da sua escolha (eu adoro variar entre lavanda, alecrim, rosas e sândalo)

Misture todos os ingrediente num recipiente de vidro/spray, chacoalhando bem até ficar homogêneo.

>> Evite contaminantes:
. Panela de alumínio troque por panela de aço inox
. Frutas ácidas (aumentam a concentração do metal presente no organismo)
. Latas em geral, principalmente de refrigerantes
. Cigarros
. Medicações anti-ácidas
. Papel alumínio substituir por papel antiaderente
. Creme para pele, maquiagem e shampoo contém sais de alumínio, utilizar cremes e maquiagem sem sais de alumínio de prefenrência de produtos naturais ou orgânicos, as marcas vendidas na Beleza Orgânica (site: http://belezaorganica.com/loja) são de matéria-prima natural
. Desodorantes contendo sais de alumínio, utilizar desodorante sem sais de alumínio como os das marcas L’Occitani e Bioderme ou Bicarbonato de sódio e água: Misture a metade de uma colher de chá de bicarbonato de sódio com um pouco de água e aplicar na área das axilas. O bicarbonato de sódio pode neutralizar as bactérias que causam odor. Uma aplicação pode durar até 24 horas.
. Farinha branca de trigo
. Tubo de pasta de dentes de alumínio utilize os de plástico
. Água gaseificada contém alumínio no processo industrial de gaseificação
. Água de distribuição pública é tratada com alumínio. Portanto, utilizar filtro que retém as partículas de metais pesados. Existe um modelo da Lorenzetti Giovialle que exerce a filtragem de partículas de metais pesados.

Shake da Beleza

Modo de Fazer: Bata tudo com algumas pedras de gelo.
Esse shake tem 320kcal por 400ml. Além disso, é delicioso. Se fizer e experimentar, conte nos comentários.

8539_588003244545601_1063968745_n

Suco Barriga Chapada

602116_588745597804699_1288036215_n

Você vai precisar de:
1 colher de sopa de colágeno hidrolisado
1 copo de água de coco
1 xícara de frutas vermelhas (como amora e framboesa)
1 colher de sopa de farinha de linhaça
Bata todos os ingredientes no liquidificador e acrescente cubos de gelo. Adoce com mel, se quiser. Tome pela manhã em jejum.

Benefícios
Além de ser gostoso, o suco detox aumenta a saciedade ao longo do dia (você não vai sentir tanta fome), tem ação diurética, aumenta a circulação sanguínea e facilita a drenagem e a eliminação dos líquidos retidos, principalmente na região da barriga. Demais, hein?

Nutrição e Estética: Os Alimentos Podem Retardar o Envelhecimento da Pele?

482464_574141372598455_82777752_n

O envelhecimento da pele ocorre devido a fatores genéticos e a fatores ambientais, sendo que a alimentação é a opção mais facilmente modificável, que pode auxiliar a combater os radicais livres produzidos pelo estresse do nosso dia-a-dia.

Dependendo do estilo de vida que temos, produzimos cada vez mais radicais livres e o excesso desta produção danifica as células do nosso corpo, inclusive as células da pele, levando ao envelhecimento.

Sendo assim, a alimentação é muito importante para combater o envelhecimento, tanto dos nossos órgãos, quanto da nossa pele. Isto ocorre porque a produção de radicais livres é reduzida quando você retira da alimentação substâncias que aumentam a sua produção, como por exemplo aditivos químicos como corantes, conservantes, emulsificantes, acidificantes e muitos outros, excesso de gorduras saturadas e trans ou ainda alimentos com calorias vazias, ou seja, possuem calorias mas não outros nutrientes benéficos. Estas substâncias são encontradas em grande quantidade em produtos industrializados de uma maneira geral e fast foods.

Além disso, através de uma alimentação adequada, nossas células irão receber os nutrientes que vão neutralizar a ação negativa dos radicais produzidos por qualquer causa, seja pela poluição, excesso de atividade física, estresse, ou mesmo os danos provocados pelos radicais produzidos normalmente pelo nosso organismo. Desta forma a alimentação efetivamente pode diminuir o risco do desenvolvimento envelhecimento precoce.

Além deste benefício, não só a pele ficará mais bonita, assim como haverá um bom funcionamento de todo seu organismo, então, se alimentar bem trará ainda mais disposição e bem-estar e te proporcionará um equilíbrio orgânico em que você se sentirá melhor como um todo, diminuindo o risco inclusive de doenças mais graves como diabetes, doenças cardíacas, câncer, ou mesmo um intestino preso. E este estado vai facilitar uma vida sem estresse e com maior ânimo para práticas esportivas, melhorando ainda mais a saúde e a pele.

Este benefício será proporcionado quando estes alimentos benéficos são ingeridos em equilíbrio nas refeições durante o dia. Isto ocorre porque nosso organismo é dinâmico, portanto devemos nutrir nossas células freqüentemente, ou seja, é importante colocarmos em prática a ingestão de alimentos a cada 3 horas para prevenir também o envelhecimento precoce.

Existem alguns exemplos de alimentos que podem ajudar a nutrir nossas células e diminuir o risco do envelhecimento precoce, lembrando que a melhor opção vai depender de cada indivíduo, portanto, o ideal é procurar o aconselhamento de um nutricionista capacitado. São eles:

– Açaí: Rico em fitoquímicos como as antocianinas e proantocianinas que são importantes antioxidantes. Ingerir de meia a uma porção por dia.
– Aveia: Contém beta-glucanas que diminuem o desenvolvimento da inflamação cutânea, diminuindo o processo inflamatório que eleva o estresse orgânico, produzindo mais radicais livres. Consumir 1 colher de sopa de aveia por dia.
– Chá verde: Riquíssimo em catequinas e polifenóis, melhora a formação de colágeno e inibe o aparecimento de células cancerígenas na pele. Ingerir de 3 a 4 xícaras de chá por dia, de preferência longe das refeições. Evite consumir o chá verde no período noturno pois possui cafeína e pode alterar o sono.
– Gergelim: rico em antioxidantes, diminuindo os danos causados pelos radicais livres na pele. Consumir 1 colher de sopa por dia.
– Soja: Possui isoflavonas que diminuem o processo inflamatório da pele. O extrato de soja também pode aumentar a síntese de colágeno, o que pode retardar o envelhecimento cutâneo. Para garantir todos seus efeitos tem que ingerir 25g de proteína da soja.
– Tomate, goiaba e melancia: ricos em licopeno (confere a coloração vermelha aos alimentos), possui atividade antioxidante e auxilia na prevenção de alguns tipos de câncer. Também diminui o processo inflamatório. Consumir duas porções ao dia, de preferência cozidos ou processados para melhor aproveitamento do licopeno.

13 maus hábitos que atrapalham a sua dieta

balanced-diet%5B1%5D

13 maus hábitos que atrapalham a sua dieta

Proteja-se deles e emagreça muito mais rápido, sem passar fome nem raiva!

1.Ficar sem comer.

Reduzir demais o cardápio força o organismo a conservar energia, em vez de gastá-la. O resultado disso é que o metabolismo fica lento. É fundamental não pular nenhuma refeição e alimentar-se em um intervalo de no máximo três horas. O segredo para fazer isso sem ganhar nenhum quilinho? A moderação, claro. Fracionando a alimentação em pequenas porções ao longo do dia, você evita compensar a fome de leão de uma tarde inteira em jejum na hora do jantar.

2. Se alimentar de grandes expectativas.
É importante traçar uma meta de quilos que você deseja derreter. Mas ela precisa ser realista para poder ser alcançada. Do contrário, vem a frustração e um adeus ao programa alimentar por mais eficiente que ele tenha se mostrado.

3. Não beber líquidos.
Mais um ponto negativo. A hidratação do corpo literalmente lava as células e leva embora as toxinas que o organismo produz. Abuse daquele refrescante copo d água, da água-de-coco, dos sucos naturais (sem açúcar) e dos chás. Com um porém: nada de usar a água para enganar a fome. Ela pode até estufar seu estômago, mas a sensação dura pouco e você pode acabar esparramada no meio de um monte de guloseimas. O ideal é comer uma fruta nos intervalos das refeições, por exemplo.

4. Engolir a comida
Evite comer com pressa e mastigue lentamente os alimentos. O estômago demora quinze minutos para enviar uma mensagem ao nosso cérebro de que estamos satisfeitos. Ou seja, comendo rápido demais, seu organismo não tem tempo de avisar ao cérebro que você já está satisfeita.

5. Perder a medida do prato.
Evite levar à mesa travessas e recipientes com os alimentos. Assim você evita ficar beliscando e perdendo a noção da quantidade de comida. Conte as porções de cada alimento e monte seu prato com elas.

6. Cortar o prazer das refeições.
Toda dieta drástica é mais difícil de ser seguida. Não precisa ficar em abstinência de doces e massas, por exemplo. Se não estiver resistindo, coma um pedaço pequeno da sobremesa ou uma porção menor da lasanha. E, quando tiver mais opções, opte pela alternativa menos calórica.

7. Concentrar todos os esforços na dieta.
Não adianta nada fechar a boca e ficar todos os dias deitada, esperando os pneuzinhos se auto-destruirem. A conta é simples: se você consumir mais do que queima em calorias, não vai perder massa gorda.

8. Comer no meio do tumulto.
Prefira um lugar calmo e tranqüilo para se alimentar e prestar atenção nas garfadas. Na frente da televisão, por exemplo, é bem provável que você coma por impulso, sem nem perceber que já tinha alcançado a saciedade. Resumindo: calorias a mais, à toa!

9. Dispensar as fibras.
Elas são poderosíssimas, fazem seu intestino funcionar corretamente e ainda ajudam na regulagem de açúcar no sangue. São encontradas nas frutas, verduras e grãos integrais. Comece a refeição sempre pela salada, que antecipa a saciedade.

10. Achar que os rótulos são enfeites de embalagem.
A tabela nutricional contida no rótulo de cada produto é uma amigona da sua dieta. Observe o valor calórico, a quantidade de açúcar e os teores de gordura indicados. Leve para casa o que apresenta os menores níveis. Também escolha as embalagens menores, principalmente as de guloseimas. Tamanho família não combina com a redução de calorias.

11. Achar que é moda perder peso.
Primeiro, a boa notícia: sim, existe a dieta ideal. Agora, outra boa notícia: ela é uma só e inclui praticamente todos os alimentos. Ficou surpresa? Mas é isso mesmo: seu organismo só vai responder com a perda de peso se notar que todos os nutrientes indispensáveis estão sendo consumidos. Proteínas, carboidratos, frutas e verduras, nada deve ser cortado. Tomar só sopa por um mês inteiro? Bem, talvez você consiga perder mais líquido do que gordura e terá a falsa impressão de que enxugou o shape. Outra enganação Programas drásticos não promovem a reeducação alimentar. Com isso, o pouco que foi perdido volta em dobro e, numa próxima tentativa, você vai precisa de esforço dobrado para secar qualquer grama.

12. Ir ao fogão ignorando a dieta.
Ao preparar a comida, prefira sempre os ingredientes menos calóricos e saudáveis. Faça substituições inteligentes no cardápio. Troque o leite comum pelo desnatado; o creme de leite normal pelo light; reduza a quantidade de óleo na preparação dos pratos e dê preferência para pratos que passarão por cozimento às frituras

13. Virar imã da balança.
Todo o dia você corre para a danada, louca para saber quanto da silhueta já foi afinada? Em alguns casos, esse simples hábito pode ser um balde de água fria, emagrecendo a sua vontade.