Nutrição na Melhor Idade

À medida que se envelhece, as necessidades de energia do corpo diminuem, mas ao mesmo tempo, cresce a demanda por alguns nutrientes. Embora o envelhecimento seja inevitável, alguns cuidados podem prevenir muitas das alterações degenerativas comuns em idosos.
De um modo geral, os idosos são o grupo mais mal nutrido de todos e há muitas razões para isso: o apetite, o paladar e o olfato diminuem com a idade, tornando a comida menos atraente. Muitas pessoas têm dificuldade em mastigar, além disso, azia, prisão-de-ventre, intolerância a lactose e outros problemas digestivos aumentam com a idade. Estes e vários outros fatores fazem com que o idoso acabe tendo uma dieta a base de chá, torradas, doces, sopas instantâneas e outras comidas prontas que não atendem as necessidades nutricionais.

RECOMENDAÇÕES DIETÉTICAS PARA O IDOSO
Com a idade, o corpo fica menos eficiente para absorver e usar alguns nutrientes; a osteoporose e outras doenças comuns em pessoas mais velhas também alteram as necessidades nutricionais. Conseqüentemente, o idoso pode precisar de quantidades extras dos seguintes nutrientes:
– Cálcio: previne a osteoporose e manter os ossos saudáveis
– Fibras: previne a prisão-de-ventre
– Potássio: especialmente se tiver prisão-de-ventre ou utilizar diuréticos
– Vitamina B12: participa da formação das células vermelhas do sangue e mantém os nervos saudáveis
– Vitamina D: participa da absorção do cálcio
– Zinco: ajuda a compensar a diminuição da imunidade.

DICAS PRÁTICAS PARA A ALIMENTAÇÃO DO IDOSO
– Estabeleça horários regulares para as refeições
– Torne sua refeições agradáveis, mesmo comendo sozinho.
– Arrume a mesa ou utilize uma travessa bonita. Ponha a sua música preferida para levantar o humor.
– Se não gosta de comer sozinho, organize almoços ou jantares com os amigos e vizinhos       .
– Escolha pratos que proporcionem contrastes de cor, textura e sabor – use ervas e temperos naturais. Uma pitada de noz-moscada ou canela pode compensar o paladar diminuído.
– Beba 6 a 8 copos d’água ao dia. Pessoas idosas geralmente sentem menos sede ou reduzem a ingestão de líquidos devido à incontinência urinária. Isso pode contribuir para prisão de ventre e problemas renais, além de aumentar o risco de desidratação no verão.
– Se você tem problemas de mastigação, não há necessidade de fazer dieta líquida. Em vez disso, prepare peixe ou carne cozida e purês de legumes, sopas e outros alimentos nutritivos.

Sobre Dra. Karina Carvalho - Nutricionista

Nutricionista Clínica, Nutricionista Esportiva, Nutricionista Estética, Nutricionista Funcional, Fitoterapia

Publicado em novembro 29, 2010, em Artigos Nutrição Clínica, Nutrição Clínica, Outros e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Vanderleia oliveira

    adorei essas dicas!

    sou nutricionista Clinica e Esportiva, gostaria de receber dicas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: