Avaliação Antropométrica: Circunferência da Cintura, Quadril, RCQ e Bioimpedância

1. RAZÃO CINTURA-QUADRIL

A razão cintura-quadril (RCQ) é um índice simples e prático para a identificação da distribuição da gordura, podendo ser usado como índice do nível de adiposidade, mas não independente das concentrações de colesterol e pressão sanguínea.

Além disso, independente do nível geral de sobrepeso, a proporção da circunferência cintura-quadril é associada aos níveis diversos de lipídios, lipoproteínas e insulina, sendo por isso considerado como um forte preditor de doença cardíaca coronariana.

Para a realização das medidas da RCQ, utiliza-se a seguinte padronização: as medidas de circunferências são realizadas na cintura e no quadril, sendo que para a mensuração da cintura, os indivíduos permanecem na posição ortostática, com o abdome relaxado, a fica deverá ficar posicionada no plano horizontal, ao nível natural da cintura, que é a parte mais estreita do tronco. Para as medidas do quadril, os indivíduos continuam na posição ortostática, sendo a fita posicionada no plano horizontal, ao nível do ponto de maior circunferência da região glútea.

A razão cintura-quadril é obtida através da seguinte fórmula:

RCQ = Circunferência da Cintura (cm)

Circunferência do Quadril (cm)

TABELA 1. Normas para a classificação da Razão Cintura-Quadril no sexo masculino.

Idade Baixo Moderado Alto Muito alto
Até 29 < 0,83 0,83 – 0,88 0,89 – 0,94 > 0,94
30-39 < 0,84 0,84 – 0,91 0,92 – 0,96 > 0,96
40-49 < 0,88 0,88 – 0,95 0,96 – 1,00 > 1,00
50-59 < 0,9 0,90 – 0,96 0,97 – 1,02 > 1,02
>59 < 0,91 0,91 – 0,98 0,99 – 1,03 > 1,03

Fonte: Heyward e Stolarczyk (1996) apud Pitanga (2005).

TABELA 2. Normas para a classificação da Razão Cintura-Quadril no sexo feminino.

Idade Baixo Moderado Alto Muito alto
Até 29 <0,71 0,71 – 0,77 0,78 – 0,82 > 0,82
30-39 < 0,72 0,72 – 0,78 0,79 – 0,84 > 0,84
40-49 < 0,73 0,73 – 0,79 0,80 – 0,87 > 0,87
50-59 < 0,74 0,74 – 0,81 0,82 – 0,88 > 0,88
>59 < 0,76 0,76 – 0,83 0,84 – 0,90 > 0,90

Fonte: Heyward e Stolarczyk (1996) apud Pitanga (2005).

Na prática, uma relação superior a 1,0 para os homens e 0,85 para as mulheres é indicativo de risco para o desenvolvimento de doenças coronarianas.

2. CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA

Ultimamente recomenda-se a medida isolada da circunferência da cintura, com a finalidade de verificar complicações metabólicas associadas à obesidade, correlaciona-se fortemente com o IMC e parece predizer melhor o tecido adiposo visceral. No entanto a OMS (1997) recomenda que utilize a medida da cintura com cautela, pois há necessidade de mais estudos que verifiquem a variabilidade dos pontos de corte em diferentes populações.

Para a medição da circunferência da cintura, o paciente deve ficar em pé, utiliza-se uma fita métrica não extensível que deverá circundar o indivíduo na linha natural da cintura, que é a regia mais estreita entre o tórax e o quadril, no ponto médio entre a costela e a crista ilíaca. A leitura deve ser feita no momento da expiração. A figura 1 demonstra a forma de medir a circunferência da cintura.

cinturaFigura 1.

TABELA 3. Circunferência da cintura de acordo com o gênero em Caucasianos.

Elevado Muito Elevado
Homem > 94 cm > 102 cm
Mulher > 80 cm > 88 cm

3. CIRCUNFERÊNCIA DO QUADRIL

O indivíduo a ser avaliado deverá estar utilizado roupas finas, e deve ser orientado a retirar quaisquer objetos do bolso da calça, para evitar erros na hora da medição. A fita métrica deve ficar ajustada no plano horizontal, onde a medição ocorrerá ao nível do ponto de maior circunferência da região glútea. A figura 2 demonstra a forma de realizar a medida do quadril.

quadril 2figura 2.

4. BIOIMPEDÂNCIA

A análise da bioimpedância é um rápido, não-invasivo, e relativamente pouco dispendioso método para a avaliação da composição corporal em estudos clínicos e de campo. Nesse método, uma corrente elétrica de baixa intensidade passa através do corpo do cliente, e a impedância (Z), ou oposição ao fluxo da corrente, é medida com o analisador de bioimpedância. A água corporal total do indivíduo pode ser estimada através da mensuração por bioimpedância porque os eletrólitos da água do corpo são excelentes condutores da corrente elétrica. Quando o volume de água corporal é grande, o fluxo de corrente elétrica pelo corpo é mais fácil. A resistência (R) ao fluxo da corrente é maior em indivíduos com maior quantidade de gordura corporal, uma vez que o tecido adiposo é um pobre condutor de corrente elétrica, devido ao pequeno conteúdo de água.  Em virtude do conteúdo de água do corpo livre de gordura ser grande (73% de água), a massa livre de gordura pode ser predita através da estimativa da água corporal total. Indivíduos com grande quantidade de massa livre de gordura e água corporal total têm menor resistência ao fluxo da corrente, comparado com aqueles que têm pouca massa corporal livre de gordura.

As principais vantagens são:

Não requer alto nível de habilidade do técnico;

É mais confortável e não retira a privacidade do cliente;

Pode ser usado para estimar a composição corporal de indivíduos obesos.

Anúncios

Sobre Dra. Karina Carvalho - Nutricionista

Nutricionista Clínica, Nutricionista Esportiva, Nutricionista Estética, Nutricionista Funcional, Fitoterapia

Publicado em novembro 7, 2009, em Artigos Nutrição Clínica, Artigos Nutrição Esportiva, Nutrição Clínica, Nutrição Esportiva, Outros e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. me agradou mto e relembrei algo que ja havia estudado, mto bom…

  2. muito bom mesmo, bem direto e fácil de consultar

  3. Sou formado em ed.física e é o primeiro blog que eu vejo que trata realmente com seriedade os assuntos relacionados a saúde. Muito bom!

  4. Parabéns!! Excelente trabalho. Muito orgulhosa de seu trabalho.

Deixe uma resposta para Jucimara Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: