Hipertensão Arterial

hipertensao

A Hipertensão Arterial pode ser definida como a presença de níveis tensionais acima do normal, tanto para pressão sistólica como para diastólica.

  • Quando a pressão se eleva, pode aparecer:

ü     Cefaléia – dor de cabeça

ü     Sensação de calor

ü     Dispnéia – dificuldade para respirar / cansaço

ü     Opressão no peito.

  • Em casos graves:

ü        alterações na consciência

ü        crises convulsivas

O que causa a pressão alta?

  • 90% dos casos de hipertensão não tem causa definida, podem ser classificados como casos de hipertensão primária.
  • 10% dos casos são secundários à outra doença e tratando-se a causa ela pode ser revertida.

Fatores de Risco Associados:

Alguns fatores podem aumentar a chance de manifestar a hipertensão ou agravá-la, como:

  • Obesidade
  • Fumo
  • Consumo de bebidas alcoólicas
  • Sedentarismo
  • Alimentação inadequada
  • Diabetes
  • Dislipidemias (colesterol e triglicérides elevados)

Quais as conseqüências e riscos da hipertensão?

A hipertensão pode levar a doenças como:

  • Doenças cerebro-vasculares (AVC –acidente vascular cerebral)
  • Doença arterial coronária
  • Insuficiência cardíaca
  • Insuficiência renal
  • Doença vascular de extremidades
  • Morte

Recomendação Nutricional:

Quais os alimentos devemos evitar para controlar a pressão arterial?

  • Frios e embutidos: lingüiça, salsicha, presunto, salame, mortadela…
  • Toucinho defumado, camarão seco, bacalhau, carne seca…
  • Queijos salgados: mussarela, prato, provolone, parmesão…
  • Temperos prontos (alho e sal, cubos, em pó)
  • Molhos industrializados (maionese, catchup, shoyu, mostarda, molho inglês, molho de tomate…)
  • Sopas prontas em pó
  • Alimentos congelados
  • Macarrão Instantâneo
  • Alimentos em conserva (lata): ervilha, milho (exceto o no vapor), palmito, azeitona, aspargo, sardinha, atum…
  • Bolachas salgadas e salgadinhos em pacote
  • Margarina e manteiga com sal

Recomendações Finais:

  • Consuma os alimentos cozidos, assados, grelhados ou refogados.
  • Use temperos naturais para dar sabor aos alimentos.
  • Inclua na alimentação verduras, legumes e frutas.
  • Consuma leguminosa e alimentos ricos em fibras.
  • Utilize carnes magras, peixes e aves sem pele.
  • Controle a quantidade de sal adicionada nos alimentos.
  • Evite alimentos e temperos industrializados.
  • Controle a quantidade de bebidas alcoólicas.

“Para o tratamento da hipertensão, deve-se realizar uma mudança de estilo de vida, incluindo uma alimentação equilibrada e novos hábitos, desde que sejam permanentes”.

Sobre Dra. Karina Carvalho - Nutricionista

Nutricionista Clínica, Nutricionista Esportiva, Nutricionista Estética, Nutricionista Funcional, Fitoterapia

Publicado em outubro 29, 2009, em Artigos Nutrição Clínica, Hipertensão, Nutrição Clínica. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Josiani Gonçalves

    Tenho Metaplasia Intestinal
    Tenho dificuldades do que devo ou não comer.
    Preciso de orientações.
    Josiani Gonçalves

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: